Vereador Irmão Ozelito questiona Paço Municipal sobre o destino dos funcionários e ex-funcionários da Fundação do ABC em Mauá e seus direitos trabalhistas

12.07.2019

 

O vereador Irmão Ozelito tem se mostrado bastante atuante e preocupado com o destino dos atuais funcionários da Fundação do ABC, que prestam serviços em Mauá, bem como dos funcionários demitidos e que tiveram que recorrer a Justiça Trabalhista para verem seus direitos garantidos. Só neste ano, o parlamentar questionou o Executivo em duas oportunidades, através dos requerimentos 608, em 16 de abril, e 1185, em 2 de junho. Os documentos podem ser visualizados no site da Câmara Municipal de Mauá.

 

As duas maiores preocupações do vereador, além da continuidade da prestação dos serviços essenciais de saúde no município com qualidade, são referentes ao destino dos mais de 1500 funcionários que atuam hoje na cidade pela Fundação do ABC, bem como as centenas de outros que foram demitidos e tiveram que recorrer a Justiça do Trabalho para garantirem o recebimento de sua indenização, mas que ainda não tiveram êxito.

 

Dentre as questões suscitadas nos requerimentos, o vereador Irmão Ozelito quer saber se vem sendo recolhido o INSS e depositado o FGTS dos atuais funcionários da Fundação do ABC. O parlamentar também quer saber se existe um Plano de Desmobilização, caso a Fundação do ABC venha a sair do município, com a transferência automática dos funcionários para a outra Organização Social, assim como a quem competirá indenizar esses funcionários e aqueles que foram demitidos e recorreram a Justiça. O vereador ainda questionou o Paço se os Sindicatos das Categorias (Sindsaude, dos Enfermeiros e Médicos) foram ouvidos quando da elaboração do TAC.

 

Sobre os requerimentos, o vereador Irmão Ozelito comentou. “Tenho bastante preocupação com o destino de mais de 1500 funcionários que atuam em Mauá, se serão aproveitados caso nova OS entre no lugar da Fundação, se irão receber seus direitos trabalhistas, bem como dos que foram demitidos sem nada receber. Tenho certeza que com todas as dificuldades financeiras que o município passa é a dedicação desses funcionários que faz com que a população ainda tenha um bom atendimento, por isso vou continuar a fiscalizar e garantir que eventual transição seja feita da melhor forma para a população, funcionários e ex-funcionários e município”, encerrou.

Please reload

Últimas Notícias
Please reload