Em Pauta - Saindo pela porta dos fundos

12.07.2019

 

O vereador Irmão Ozelito (Solidariedade) tem intensificado seus questionamentos quanto à atuação da Fundação do ABC na área da Saúde na cidade. Segundo o vereador, a FUABC até hoje não resolveu o caso dos funcionários que foram demitidos a mais de um ano e até hoje não receberam seus direitos nem recorrendo à Justiça do Trabalho. Ozelito ainda questiona se estão sendo recolhidos o INSS e depositado o FGTS dos mais de 1.500 funcionários que a FUABC ainda mantém em Mauá e, se realmente a Fundação venha a sair do município, se existe um plano de desmobilização de todos esses funcionários. A Fundação e a Prefeitura de Mauá não dão as informações necessárias para tranquilizar a população nem os funcionários da própria FUABC, falta respeito para com todos em uma área tão essencial como a da Saúde.

 

Please reload

Últimas Notícias
Please reload